(51) 3723.0345

contato@dpaviacao.com.br

AT-802F

O AT-802F é um avião de combate a incêndios inovador que fica em pé de igualdade no desempenho com aviões bimotores custando apenas uma fração do custo deles. Projetado desde o início para combater incêndios, ele usa um avançado sistema de lançamento patenteado para obter índices de cobertura otimizados ou alijar sua carga de 3.104 litros (820 galões) em 1.7 segundos com precisão extrema. Com a confiável turbina PT6A-67AG, o AT-802 cruza a 221 mph (356 km/h) e pode decolar e aterrissar mesmo em pistas remotas e pequenos aeroportos. Com uma reputação de eficiência mundial, o AT-802F pode também vir equipado com flutuador anfíbio da Wipaire, Inc., para captação de água, o novo "Fire Boss". Disponibiliza assim mais uma ferramenta para os pilotos combatentes de incêndios. Enquanto outros aviões "tankers" ficam ociosos nas estações em que não há fogo, o AT-802F pode ser utilizado o ano todo para proteção de florestas, pulverização de defensivos, fertilizantes e replantio após o fogo. Rápido, ágil, confortável e fácil de pilotar, o AT-802F é um avião "tanker" de classe mundial com versatilidade para maximizar seus lucros quando a temporada de incêndios acabar.

Motor: P&W PT6A-67AG Peso Vazio com Equipamento de Pulverização: 7,210 lbs. (3 270 kg) Envergadura: 59.2 ft. (18,04 m)
Motor S.H.P.: 1,350 @ 1,700 RPM Carga Útil: 8,790 lbs. (3 987 kg)) Área de Asa: 401 sq. ft. (37,29 m2)
Hélice: Hartzell HC-B5MA-3D/M11691NS Capacidade do Hopper : 820 U.S. gal. (3 104 L) Dimensões da roda principal: 32.0 in.
Peso da Decolagem: 16,000 lbs. (7 257 kg) Capacidade de Combustível: 820 U.S. gal. (3 104 L) Dimensões da roda de cauda: 6.25 x 6
Peso do Pouso: 16,000 lbs. (7 257 kg)        
Velocidade de Cruzeiro: 221 mph (356 kph) Velocidade de Aplicação Aeroagrícola: 120-125 mph (193-201 kph) Alcance em cruzeiro econômico a 8000 pés(2438m): 800 mi (1 287 km)
Velocidade de estol com flapes recolhidos: 91 mph (146 kph) at 16,000 lbs (7 257 kg) Velocidade de estol na configuração para pouso: 69 mph (111 kph)
Razão de subida: 850 fpm (259 mpm) at 16,000 lbs (7 257 kg)) Distância de decolagem: 2,000 ft (610 m) at 16,000 lbs (7 257 kg)
Qual o consumo de combustível das aeronaves?

AT-402B (-15AG) 170 – 190 lts/hora
AT-502B (-34AG) 190 – 220 lts/hora
AT-602 (-60AG) 265 - 285 lts/hora
AT-802 (-65AG) 280 – 320 lts/hora
Qual o TBO recomendado das turbinas?

PT6A-15AG (AT-402B): 3.000 horas
PT6A-34AG (AT-502B/AT-504): 4.000 horas
PT6A-60/65/67AG (AT-602/AT-802):3.000 horas
Qual o consumo de óleo do motor?

Consumo normal de 1 litro a cada 25 – 30 horas de vôo. Não existe necessidade de troca de óleo nas revisões. Recomenda-se trocar o óleo a cada 1.000 horas ou anualmente caso aeronave voe pouco.
É preciso fazer lavagem de compressor frequentemente?

Não. A frequência de lavagem de compressor depende das condições de operação e da qualidade do sistema de filtragem. Recomenda-se lavagem frequente apenas para aeronaves operando sob efeito de “maresia” (no litoral);
Com qualquer descuido durante a partida vou “queimar” a turbina?

Não. O procedimento de partida é muito simples e seguro. É preciso um grande descuido e/ou vários outros fatores para “queimar” a turbina durante a partida; Acesse o vídeo da partida da PT6A em http://www.youtube.com/watch?v=QydkE_ZSMU0
Se eu cortar o motor preciso esperar um determinado tempo para dar partida novamente?

Não. Apenas a próxima partida vai ser mais quente. A limitação de partidas consecutivas é do Starter, para fins de resfriamento.
Preciso ter sempre uma fonte externa para dar partida?

Não. As baterias da aeronave podem ser utilizadas para dar partida sempre. A utilização da fonte externa é recomendada para aumentar a vida útil das baterias e como redundância.
Cada vez que der partida na turbina preciso voar pelo menos 5 horas de vôo?

Não. Exemplo: Aeronaves comerciais.
Se eu der mais de uma partida por dia na turbina vou “estourar” os ciclos da turbina?

Não. Apenas alguns componentes da turbina são controlados por ciclos, sendo a vida útil dos mesmos controlada em termos de CICLOS COMPLETOS. Os componentes controlados da PT6A-15AG, por exemplo, tem vida útil de 16.000 a 25.000 ciclos. Desta forma, mesmo voando apenas uma hora por partida não será excedido o número de ciclos.