(51) 3723.0345

contato@dpaviacao.com.br

AT-402B

Quando projetada a série AT-402, o objetivo era construir um avião com grande capacidade de trabalho, motor a turbina e preço acessível. Inicialmente projetou-se uma estrutura pequena e eficiente, reduziu-se as pressões no manche e no leme de forma que os controles ficassem mais leves e com boa resposta, diminuindo a fadiga do piloto. Foi especificado um motor a turbina excepcionalmente silencioso e confiável, o PT6A, para obter razões de subida mais rápidas e velocidade de cruzeiro maior. Foram projetadas asas de grande envergadura e corda pequena, com pontas tipo Hoerner, para aumentar sua eficiência e diminuir o arrasto. Quando tudo isso foi colocado junto, conseguiu-se além de um equipamento de alta eficiência, uma aeronave agrícola que os pilotos adoram voar, mesmo ao final de um longo dia. Para ser sua primeira aeronave à turbina, ou complementar a sua frota, O AT-402B é uma excelente opção.

Motor: P&W PT6A-15AG Peso Vazio com Equipamento de Pulverização: 4,020 k lbs (1 823 g) Envergadura: 51 ft (15,54 m)
Motor S.H.P.: 680 @ 2200 RPM Carga Útil: 5,150 lbs (2 336 kg) Área de Asa: 306 sq ft (28,45 m2)
Hélice: Hartzell HC-B3TN-3D/T10282N+4 Capacidade do Hopper : 400 US gal (1 514 L) Dimensões da roda principal: 29.00 x 11
Peso da Decolagem: 9,170 lbs (4 159 kg) Capacidade de Combustível: 170 US gal (644 L) Dimensões da roda de cauda: 5.00 x 5
Peso do Pouso: 7,000 lbs (3 175 kg)        
Velocidade de Cruzeiro: 162 mph (261 kph) at 8,000 ft (2 438 kph) Velocidade de Aplicação Aeroagrícola: 120-140 mph (193-225 kph) Alcance em cruzeiro econômico a 8000 pés(2438m): 660 mi (1 062 km)
Velocidade de estol com flapes recolhidos: 77 mph (124 kph) at 7,000 lbs (3 175 kg) Velocidade de estol na configuração para pouso: 53 mph (85 kph)
Razão de subida: 800 fpm (244 mpm) at 8,600 lbs (3 901 kg) Distância de decolagem: 975 ft (297 m) at 8,600 lbs (3 901 kg)
Qual o consumo de combustível das aeronaves?

AT-402B (-15AG) 170 – 190 lts/hora
AT-502B (-34AG) 190 – 220 lts/hora
AT-602 (-60AG) 265 - 285 lts/hora
AT-802 (-65AG) 280 – 320 lts/hora
Qual o TBO recomendado das turbinas?

PT6A-15AG (AT-402B): 3.000 horas
PT6A-34AG (AT-502B/AT-504): 4.000 horas
PT6A-60/65/67AG (AT-602/AT-802):3.000 horas
Qual o consumo de óleo do motor?

Consumo normal de 1 litro a cada 25 – 30 horas de vôo. Não existe necessidade de troca de óleo nas revisões. Recomenda-se trocar o óleo a cada 1.000 horas ou anualmente caso aeronave voe pouco.
É preciso fazer lavagem de compressor frequentemente?

Não. A frequência de lavagem de compressor depende das condições de operação e da qualidade do sistema de filtragem. Recomenda-se lavagem frequente apenas para aeronaves operando sob efeito de “maresia” (no litoral);
Com qualquer descuido durante a partida vou “queimar” a turbina?

Não. O procedimento de partida é muito simples e seguro. É preciso um grande descuido e/ou vários outros fatores para “queimar” a turbina durante a partida; Acesse o vídeo da partida da PT6A em http://www.youtube.com/watch?v=QydkE_ZSMU0
Se eu cortar o motor preciso esperar um determinado tempo para dar partida novamente?

Não. Apenas a próxima partida vai ser mais quente. A limitação de partidas consecutivas é do Starter, para fins de resfriamento.
Preciso ter sempre uma fonte externa para dar partida?

Não. As baterias da aeronave podem ser utilizadas para dar partida sempre. A utilização da fonte externa é recomendada para aumentar a vida útil das baterias e como redundância.
Cada vez que der partida na turbina preciso voar pelo menos 5 horas de vôo?

Não. Exemplo: Aeronaves comerciais.
Se eu der mais de uma partida por dia na turbina vou “estourar” os ciclos da turbina?

Não. Apenas alguns componentes da turbina são controlados por ciclos, sendo a vida útil dos mesmos controlada em termos de CICLOS COMPLETOS. Os componentes controlados da PT6A-15AG, por exemplo, tem vida útil de 16.000 a 25.000 ciclos. Desta forma, mesmo voando apenas uma hora por partida não será excedido o número de ciclos.